Envie uma mensagem para nós!

DIA A DIA - 10 dicas para ser milionário e se aposentar jovem

Muitos sonham em se tornar milionários, mas como chegar lá? Quando se é cuidadoso com as finanças e os gastos são bem gerenciados, é possível acumular um montante considerável. Segundo...

Compartilhar

Publicado em 24 de maio de 2022

Muitos sonham em se tornar milionários, mas como chegar lá? Quando se é cuidadoso com as finanças e os gastos são bem gerenciados, é possível acumular um montante considerável. Segundo matéria do site Entrepreneur, há 56,1 milhões de pessoas milionárias em todo o mundo atualmente. Para encarar o desafio de economizar e se aposentar jovem, confira as estratégias a seguir.

1. Planeje seu futuro financeiro

O caminho para a liberdade financeira é totalmente baseado no planejamento financeiro.

Você deve listar onde você está agora, seu objetivo e como você vai chegar lá. Anote seu plano financeiro com marcos de quando e quanto deseja economizar. De acordo com um estudo da Dominican University of California (EUA), ao anotar objetivos e sonhos todos os dias, você tem 42% mais chances de alcançá-los. Ao avaliar seu progresso a cada marco, você poderá tomar decisões e ajustar detalhes do planejamento. 

2. Desenvolva mentalidade de abundância

Aqueles com mentalidade de abundância levam em consideração o quadro geral ao tomar decisões. Eles sabem que a riqueza é um subproduto do que fazem com seu tempo e dinheiro, seja investindo, trabalhando mais ou iniciando um negócio paralelo. Já os super poupadores tendem a ter uma mentalidade de escassez e evitam qualquer tipo de decisão arriscada. Quando você tem uma mentalidade de escassez, pode ficar entediado, solitário, desconfortável e diminuir as chances de ganhos e de aumento da riqueza.

3. Viva abaixo de suas possibilidades

Viver abaixo de seus meios não significa ser "pão duro". Simplesmente significa que você está gastando menos ou igual ao que está ganhando a cada mês. Como resultado, você não está se endividando e, mais importante, isso ajudará você a criar um futuro financeiro mais estável. Lembre que viver dentro de suas possibilidades requer disciplina e sacrifício. No entanto, se você persistir, colherá as recompensas. Uma dica é usar a regra 50/30/20, ou seja: 50% de sua renda deve ser gasta com itens essenciais, como alimentação e moradia; 30% em desejos e sonhos e os outros 20% devem ser economizados.

4. Faça mais dinheiro

Trabalhe. E pense em formas de ganhar mais dinheiro com sua principal fonte de renda. Se você tem um emprego das 9h às 17h, talvez possa fazer horas extras, ou obter uma certificação para conseguir uma promoção. Já os autônomos e donos do próprio negócio

tendem a conseguir aumentar os ganhos mais facilmente. Digamos que você tenha uma sorveteria: se tiver condição, pode investir em carrinhos de sorvete, por exemplo, para trabalhar em eventos ou contratar alguém para vender seus produtos em outro lugar enquanto você administra o negócio. Em outras palavras, pense em como expandir a empresa. Mais uma ideia que vale para todos é encontrar fontes de renda adicionais, como 

alugar um quarto vago, fazer trabalhos freelancer ou se dedicar a dropshipping, por exemplo.

5. Adote a previdência privada

Se você é funcionário de uma empresa, é sempre uma ótima decisão aderir ao plano de previdência privada, quando o empregador tem este benefício a oferecer. Isso porque esse tipo de plano de aposentadoria costuma funcionar da seguinte forma: você aplica um valor  todo mês na previdência e a sua empresa entra com uma contrapartida, aumentando o valor que você acumula mensalmente.

6. Pense além da previdência privada

Além de aderir à previdência privada oferecida por sua empresa, tenha sua própria conta poupança ou plano de previdência em paralelo. Isso te ajudará a guardar ainda mais para o futuro.

7. Tenha uma reserva para emergências

Você conhece a lei de Murphy? É um ditado popular que afirma: "Qualquer coisa que possa ocorrer mal, ocorrerá mal, no pior momento possível". Ou, seja, "o que pode dar errado, dará errado". Isso significa que, por mais cuidadoso que você seja, em algum momento terá de  lidar com uma emergência financeira (um reparo no telhado de casa, uma batida de carro, a compra de um novo equipamento para o seu negócio…) Então, se você não tiver uma reserva para este tipo de emergência, terá de mexer nas economias do seu futuro. Ou, pior ainda: utilizar empréstimos e cartões de crédito com juros altos para lidar com os imprevistos. Especialistas recomendam que a reserva de emergência cubra pelo menos de três a seis meses de suas despesas.

8. Diversifique seus investimentos

Não mantenha todas as suas economias em um mesmo lugar, como a poupança. Saiba distribuir o dinheiro em diferentes investimentos, ou seja, diversifique. Pesquise sobre Tesouro Direto e fundos de investimento, por exemplo. Assim, você garante uma boa rentabilidade com o passar do tempo e não corre tanto risco de perder dinheiro. 

9. Tenha um consultor financeiro

Um profissional de finanças pessoais pode ajudar a desenvolver uma estratégia de investimento para atingir suas metas de aposentadoria. Além disso, ele consegue te orientar sobre quanto você precisa investir a cada mês para alcançar seus objetivos e pode indicar bons investimentos, que garantam fluxo de renda. Escolha uma pessoa que seja confiável e tenha boa experiência.

10. Não acredite em pessoas pessimistas

Suas crenças sobre o futuro são importantes e te ajudam a conquistar as metas estabelecidas. Portanto, confiar no que está fazendo é essencial. Não deixe que pessoas negativas o desencorajem ou minem seus planos. Permaneça humilde em seus esforços e focado nos objetivos.

Fonte: Revista PEGN - Globo

Voltar a listagem de notícias